As coisas simples da vida

IMG_6055

As vezes fico me perguntando… O que preciso para ser feliz? … Passamos a maior parte do tempo criando máscaras, afastando as pessoas de quem gostamos, esquecendo de dizer o quanto gostamos, o quanto amamos alguém ou tal situação.

Para os dias atuais, ser romântico passou a ser sinônimo de sofrimento. Enquanto uma leva de gente está se preocupando apenas com sua vida, buscando sobreviver nesse caos, outros buscam crescer aos pares. Isso tudo me deixa estagnado porque de um lado quero deixar que a vida me leve, mas do outro quero o controle, a certeza do que estamos fazendo ou sentindo. Dai vou relendo minha vida e relembrando o quanto ja fui feliz e na maioria das vezes em situações bem simples, bem comum.

Não vou mentir que passar um reveillon na Austrália, outro em Londres e o último em Amsterdam não tenham sido espetaculares, mas agora me veio a lembrança de uma passagem de ano que passei na usina onde fui criado (Usina Jaboatão) e recordo o quanto fui feliz ao lado da minha mãe e dos meus familiares. Creio que foi naquele momento que consegui sonhar com todos os lugares que queria visitar.

Ai eu percebo o quanto fui feliz com toda simplicidade da minha mãe cuidando da gente. Lembro que nesse tempo mainha levada todos os filhos para comprar roupas de final de ano…Andávamos todas aquelas ruas do centro do Recife…Passávamos o dia todo procurando peças de roupas baratas e que tivessem a cara de final de ano. Odiava quando ela entrava na Sabina e Binoca para comprar roupas para minhas irmas…Eita lojas chatas…O melhor era lanchar e almoçar na Kintela…Quando terminava o dia, estávamos exaustos e como morávamos em uma usina, tínhamos que voltar ate as 19:15 pois esse era o último ônibus para nos levar de volta ao nosso lar…Todo ano era sempre essa mesma coisa.

As coisas mudam…Hoje compro todas as minhas roupas na Europa… Parece até brincadeira, mas lá pago um preço sempre muito inferior ao comprado no Brasil…E fico comparando que era muito feliz andando pelo centrão do Recife como também sou muito feliz escolhendo roupas nas lojas londrinas. Mas a sensação de felicidade era estampada nas duas situações.´´E nesse ponto que vejo que a felicidade é pontual…Não precisa ter tantos elementos para ela aparecer…

Falando nisso tudo, essa semana sonhei com mainha (falecida ha 8 anos). Sempre quando estou precisando mudar alguma coisa ela vem ate mim. O sonho foi bom,ela me deu um abraço e ficou me acariciando.Em algum lugar sei que ela sente que estou precisando dela. Trocaria tudo hoje para andar com ela pelo centão do Recife…Tomar caldo de cana com bolo de bacia, comer brebotes nas ruas e esperar que ela passasse duas horas na Sabina e Binoca(nem sei se ainda existem)…

Posso dizer que a cada dia vejo que não preciso muito para essa tal felicidade…Quero construir meu intinerário de outra forma…Atualmente tenho tido momentos maravilhosos, tenho conhecido pessoas espetaculares e também tenho tido algumas frustrações…Vejo que tudo isso junto representa, hoje, minha felicidade…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *