Inovação Pedagógica no Ensino de Biologia

Durante o VI Enebio, realizado na cidade de Maringá, tive contato com o grupo Colaboração em Pesquisa e Prática em Educação Científica (CoPPEC) que tem desenvolvido pesquisa na área de Inovação Pedagógica no Ensino de Biologia. Eles produziram um livro bem interessante intitulado Pesquisa Colaborativa e Inovações Educacionais em Ensino de Biologia, organizado por Claudia Sepulveda e Mariangela Almeida, ambas da Universidade Estadual de Feira de Santana.

O grupo definiu inovação educacional como “processos intencionais, sistemáticos e participativos de produção, recontextualização e disseminação de novidades, que tenham a capacidade de promover o desenvolvimento do potencial dos atores da comunidade escolar, em termos pessoais, sociais e intelectuais.” (SOUZA; MUNIZ;SARMENTO, 2016, p.118).

O grupo entende novidade como “tudo aquilo que, até então, não fazia parte da prática pedagógica da comunidade escolar, e é tida como original pelos atores no contexto em que é produzida ou recontextualizada e incorporada”. (p.118).

Alguns critérios foram definidos para considerar uma perspectiva inovadora: (1) ser resultante de um trabalho colaborativo, (2) resultar de um processo de negociação entre diferentes atores da comunidade escolar, (3) ter potencial de provocar mudanças  na cultura, nos valores e atitudes da escola, (4) ser um processo de recontextualização de um mesmo objeto por diferentes atores, (5) assumir os insucessos e contradições como algo intrínseco ao percurso de inovar  e (6) ser produzida ou recontextualizada tendo em vista o saber docente, as teorias educacionais e a prática pedagógica.

img_7901
O livro pode ser adquirido na Editora da Universidade Estadual de Feira de Santana

No Centro de Educação da UFPE, temos estudado e pesquisado sobre tendências, inovações e metodologias ativas no ensino de Ciências e Biologia. Os achados do CoPPEC vão de encontro aos nossos estudos e  estão promovendo um fortalecimento do que acreditamos e  estamos desenvolvendo na Licenciatura em Ciências Biológicas.

Sugiro a leitura do artigo: Investigando princípios de design de uma sequência didática sobre metabolismo energético

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *